Quinta Retrô: Euler e as pontes para a matemática moderna

  • 26/08/2021 às 14:58

O mundo esta em constante evolução, as ciências são as principais responsáveis por essa transformação. Leonhard Euler é o matemático que mais deixou marcas e estudos na história e tem seu nome ao lado de outros cientistas como Newton. Por isso, hoje iremos te contar a trajetória e as descobertas do matemático mais prolifero da história, Leonhard Euler.

Na Basileia, no ano de 1707, mais especificamente no dia 15 de abril, nascia Leonhard Euler. Filho de Paul Euler e Margaret Brucker foi educado em casa até seus 7 anos, quando começou a ter aulas com um professor particular e ler os mais diversos textos.

Devido a religiosidade de sua família, com 13 anos, Euler iniciou o curso de Teologia na Universidade da Basileia. Porém não demonstrou muito entusiasmo e nas horas vagas se dedicava a matemática. Com apenas 16 anos recebeu o grau de Mestre em Artes, com uma dissertação que comparava os sistemas de Filosofia Natural de Newton e Descartes.

Percebendo a capacidade de Euler em lidar com números, Johann Bernoulli incentivou o jovem a iniciar o curso de graduação em matemática, o qual ele concluiu em 1726. No mesmo ano, tentou conseguir uma vaga como professor na Universidade, porém não teve sucesso.

Em 1727, Euler foi convidado, por seu amigo Daniel Bernoulli, a participar da divisão de Filosofia da Academia de Ciência de São Petersburgo. Após três anos assumiu o cargo de professor de Física da Academia. E em 1733 substitui seu amigo Daniel como professor de matemática.


Euler sofreu uma congestão cerebral no ano de 1735, que acarretou na perda total da visão do olho direito. Euler ficou totalmente cego ao operar uma catarata no olho esquerdo, porém seu entusiasmo permaneceu, tendo o auxílio de seu filho mais velho em suas pesquisas.

Dentre suas principais realizações estão a introdução a função gama, a analogia entre o cálculo infinitesimal e o cálculo das diferenças finitas. Dentre uma descoberta e outra, Euler resolveu um velho enigma das sete pontes de Königsberg, muito famoso no século 18. Para resolver o enigma, Euler criou um grafo que comprovou matematicamente que era impossível resolver tal desafio. A solução desse problema foi fundamental para que possamos usar a internet nos dias de hoje, pois a conexão entre computadores e a rede utiliza do grafo de Euler.

Euler teve mais de 866 livros e artigos publicados, entre eles desenvolveu o método dos algoritmos, com o qual é possível prever as fases da Lua, com a finalidade de obter informações para elaborar um sistema de navegação.

No ano de 1783, Leonhard Euler faleceu na cidade de São Petersburgo. Sua fama se espalhou por toda a Europa quando ainda estava vivo e permaneceu após sua morte.

Você, assim como Euler vê o mundo por meio dos números e acredita que essa ciência pode transformar o mundo que vivemos, a Licenciatura em Matemática é a escolha certa! Clique no botão abaixo e inscreva-se no vestibular:

Compartilhe com alguém

Código de barras copiado