Em Cena: Com Amor, Van Gogh

  • 01/06/2022 às 17:46

Uma experiência única, não há outro filme que sequer se aproxime de entregar algo próximo. Estamos falando do primeiro filme a ser pintado à mão, “Com Amor, Van Gogh”. O filme se passa em 1891, um ano após a morte do artista, e tem sua trama desenrolada ao Armand Rollin (famosa pintura de Van Gogh) encontra uma carta do pintor para o seu irmão, Theo Van Gogh que nunca foi entregue.

Armand parte para a França com o objetivo de encontrar algum familiar de Van Gogh e em busca de respostas para a morte do artista, “como se passa de um homem feliz a um suicida em seis semanas?”

O enredo busca trazer o telespectador para a realidade do pintor, como sua realidade e suas aflições. As referências ao pintor vão além da pintura do filme – o que já seria mais do que suficiente, já que levou 10 anos para ser produzido – ainda podem ser vistas como a obra Noite na Estrada e os corvos, tão presentes na reta final de sua vida.

A trilha sonora e a estética são o carro chefe do filme que traz diversas referências para os admiradores e um enredo que apresenta um pouco da vida do artista. É sem dúvida uma obra de agradecimento, Com Amor, ao Van Gogh.

Compartilhe com alguém

Código de barras copiado