Papo de Mercado: Como colocar valor no seu trabalho?

  • 13/08/2021 às 12:19

Empreender é um desejo de grande parte das pessoas, ser seu próprio chefe e fazer seu horário de trabalho são algumas das vantagens de empreender. Porém algumas dificuldades surgem no caminho de quem tem de gerir seu próprio negócio, decidir o valor que irá colocar no seu trabalho é quase unanimidade. Por isso vamos te contar, em cinco passos, como você pode calcular quanto deve cobrar pelos seus serviços!

Conheça a concorrência

O primeiro passo é dar uma olhadinha na concorrência, analise quanto cobram as empresas que estão oferecendo o mesmo serviço que você. Esse momento é importante para avaliar o mercado, e ter uma base inicial de quanto cobrar. Mas vale lembrar que esse não vai ser o seu valor.

Trace metas

É importante ter claro na sua mente quais são seus objetivos com esse trabalho. Se você pretende conseguir uma renda extra ou se pretende que ele seja sua renda principal, isso pode afetar em quanto você irá cobrar no seu trabalho. Traçar metas também é importante para ter uma motivação extra na hora de executar esses trabalhos.

Saiba seus custos

Nesse momento você deve separar todos os seus gastos. Desde as contas fixas, como de luz, água e internet, até os gastos que você terá para executar o trabalho, podendo entrar gasolina, materiais e custo de produção. É valido lembrar de que você deve cobrir todos esses custos com o valor de seus trabalhos e, ao mesmo tempo, ter uma margem de lucro.

Calcule o tempo de trabalho

O planejamento do trabalho é fundamental para saber quanto cobrar pelo seu serviço, saiba quanto tempo você levará para fazer cada etapa do trabalho. O próximo passo é calcular o valor de sua hora, se você já trabalhou como CLT na sua área, calcule quanto você ganhava por hora nessa empresa. Para realizar o cálculo basta dividir o salário que você recebia pelo número de horas por mês, geralmente 180 horas, mas antes de colocar o valor no seu trabalho lembre dos gastos que você calculou antes.

Valorize seu trabalho

Seu tempo, seu conhecimento e sua dedicação agregam valor ao seu serviço, então reconheça o valor do trabalho que entregou. Cobrar barato pode não ser o melhor caminho, isso pode assustar os clientes e desmotivar você por não ver um retorno financeiro. Se você possui uma graduação ou outros níveis de especialização, seus serviços valorizam ainda mais. É importante continuar investindo em seus estudos e estar sempre se atualizando para se destacar no mercado.

Essas dicas te auxiliarão nesse início onde costumamos estar meio perdidos quanto ao valor que devemos cobrar. Nas primeiras vezes você pode ainda estar um pouco inseguro no momento de impor o seu valor, mas nesse ponto a experiência do dia a dia do trabalho vai te ajudar e com o passar do tempo deixará de ser motivo de preocupação. Por tanto agora é hora de ter as contas na ponta do lápis e negociar o valor com o seu cliente!

Compartilhe com alguém

Código de barras copiado