Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Turno Quinta (noite), Sexta (noite) e Sábado (manhã)

Turno
Quinta (noite), Sexta (noite) e Sábado (manhã)

Carga horária 628 horas

Carga horária
628 horas

Uilian Boff

Coordenador
Uilian Boff

Sobre o Curso

Objetivo

O curso visa a formar especialistas com capacidade para atuar com base nos preceitos legais e regulamentares que promovem a saúde e a integridade dos trabalhadores, habilitando os profissionais junto ao conselho profissional para exercer a engenharia de segurança do trabalho.

Além disso, o curso busca capacitar os alunos para que possam desenvolver conhecimento teórico sobre segurança do trabalho, desenvolver habilidades técnicas para reconhecimento de riscos e capacidade de elaborar planos/ações de prevenção e promover competências necessárias para atuação profissional e para o exercício pleno das funções de Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Profissional

O curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho é indicado para profissionais com formação superior em Arquitetura ou Engenharias que desejam atuar na identificação, análise e implementação de ações de neutralização dos riscos encontrados no ambiente de trabalho; realização de laudos de insalubridade e periculosidade; efetivação de medidas que garantam o cumprimento das normas técnicas relativas à saúde no trabalho; montar projetos de estímulo à qualidade de vida dos colaboradores; entre outras atividades ligadas à esfera de segurança no trabalho.

Mercado de Trabalho

Face aos desafios do mundo globalizado, cada vez mais a educação se volta para “[...] o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho” (BRASIL, 1996), a fim de que os indivíduos sejam profissionais aptos a atuar nas diversas áreas do mercado de trabalho. Pensando nisso, faz-se necessário propor o Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, atualmente constituindo-se essa uma área carente de profissionais no Brasil, dadas as novas exigências do mercado, bem como da regulamentação do setor, em especial, as Normas Regulamentadores do Ministério do Trabalho e Emprego.

A presente proposta conjuga uma visão prospectiva das necessidades de formação técnica, especializando os egressos em engenharia de segurança do trabalho, para a realização de atividades relacionadas à saúde e integridade dos trabalhadores em diferentes setores como o industrial, o comercial, a construção civil, o alimentício, o hospitalar, o minerador, o de extração, o rural e outros tantos.

O cuidado com a saúde do trabalhador é condição básica em qualquer sociedade desenvolvida. Não se pode conviver a prática laboral sendo geradora de doenças e acidentes. Para redução destes; é necessário conscientização e formação de especialistas que atuem no seguimento com o propósito de prevenção e identificação dos riscos que originam os acidentes e as doenças relacionadas ao trabalho. Ressaltando que quando ocorrem, os mesmos causam traumas, sofrimentos e custos para toda a sociedade.

Considerando que a Engenharia de Segurança do Trabalho é área do conhecimento que trabalha com este foco, formar mais profissionais que atuem neste seguimento é fundamental para a redução destes; bem como dos prejuízos ocasionados pelos mesmos.

De acordo com a legislação vigente, as empresas deverão manter serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade dos trabalhadores em seus locais de trabalho (BRASIL, 1977; 1978).

Reforça-se, desta forma, a necessidade de profissionais preparados para o atendimento da demanda destes, tornando-se estratégica a disponibilidade de mão de obra qualificada para suprir o mercado. Para isso, formar especialistas com sólidos conhecimentos dos preceitos legais e regulamentares de segurança do trabalho, bem como com uma visão holística dos processos produtivos e das relações de trabalho, é o caminho para que seja possível promover a saúde e a integridade dos trabalhadores e, também, atuar na preservação do meio ambiente.

Por fim, o cuidado com a saúde do trabalhador deve ser uma das grandes preocupações dos empregadores e, principalmente, dos profissionais da área de segurança, uma vez que a precariedade/inexistência de ações de prevenção podem causar doenças e acidentes que, além de imensurável sofrimento aos trabalhadores e a sociedade, proporcionam grandes perdas produtivas e indenizatórias às empresas.

Início das aulas:

Abril/2021

Aulas:

Quintas e Sextas das 18h50 às 22h50 e sábados das 08h às 12h.

Obs.: Módulos presenciais e híbridos

Documentos para matrícula:

  • Cópia do comprovante de endereço (nome aluno ou pais);
  • Copia RG e CPF;
  • Cópia autenticada do Histórico Escolar do Curso de Graduação;
  • Cópia autenticada Diploma Graduação (frente e verso);
  • Foto 3x4 atualizada;
  • Currículo Atualizado;
  • Ficha de inscrição preenchida.

Contato: 0800 606 0 606

Matriz Curricular

Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho

24h

Administração Aplicada à Engenharia de Segurança

24h

Legislação e Normas Técnicas

36h

Ergonomia

36h

Higiene do Trabalho I

72h

Higiene do Trabalho II

72h

O Ambiente e as Doenças do Trabalho

48h

Proteção do Meio Ambiente

48h

Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações

72h

Proteção contra Incêndios e Explosões

60h

Elaboração de Laudos e Perícias

36h

Gerência de Riscos

48h

Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento

24h

Projeto Aplicado à Engenharia de Segurança do Trabalho

24h

Compartilhe com alguém

Código de barras copiado